21 abril, 2011

Música

Isso tem feito a diferença de novo. Durante meus anos perdidos, eu não conseguia nem mesmo aproveitar música adequadamente.

Era necessário estar de bom humor para conseguir ouvir música, o que é a essência da depressão, porque, na verdade a música é o bom humor, o caminho para o deleite, o "spirit lift" que precisamos.

Sempre foi assim, mas não era mais. Recentemente, muito recente mesmo, eu resgatei isso. Estou redescobrindo as musicas que amava, descobrindo novas músicas e artistas.

Eu sempre fui musical, eu estudei música, eu tive a típica adolescência de colecionar pôsteres de bandas e músicos, e me apaixonar por eles. Ir a todos os shows para os quais conseguia alvará parental, enfim.

A música teve vários papéis na minha vida: estudo e aprendizado de música, de inglês, e mesmo de poesia. Ouvindo aprendi muito.

E estamos refazendo nosso caminho, eu e a música.

Essa semana fui ao show do U2, o que foi uma grande parte dessa retomada. Acredito que a ultima vez em que fui a um show de música por amor, foi nos anos 90. Estive em outros, mas não pelos motivos certos. Agora, sim.

Música.


- Posted using BlogPress from my iPad

18 abril, 2011

Humanidade

"É preciso, apesar de tudo, acreditar no Homem". Lembro de ter lido isso em algum lugar, há muito tempo. Na época, me tocou, mas eu não entendia direito ainda porque isso poderia ser tão difícil.

Eu não tinha mais do que 15 anos, e ainda não entendia todos os absurdos de que o Ser humano é capaz. Meu tempo de exposição à Humanidade ainda era pouco.

É fácil sentir revolta, desgosto, mas qual deve ser o papel de cada um de nós? O que EU posso fazer?




- Posted using BlogPress from my iPad

16 abril, 2011

Música

Isso tem feito a diferença de novo. Durante meus anos perdidos, eu não conseguia nem mesmo aproveitar música adequadamente.

Era necessário estar de bom humor para conseguir ouvir música, o que é a essência da depressão, porque, na verdade a música é o bom humor, o caminho para o deleite, o "spirit lift" que precisamos.

Sempre foi assim, mas não era mais. Recentemente, muito recente mesmo, eu resgatei isso. Estou redescobrindo as musicas que amava, descobrindo novas músicas e artistas.

Eu sempre fui musical, eu estudei música, eu tive a típica adolescência de colecionar pôsteres de bandas e músicos, e me apaixonar por eles. Ir a todos os shows para os quais conseguia alvará parental, enfim.

A música teve vários papéis na minha vida: estudo e aprendizado de música, de inglês, e mesmo de poesia. Ouvindo aprendi muito.

E estamos refazendo nosso caminho, eu e a música.

Essa semana fui ao show do U2, o que foi uma grande parte dessa retomada. Acredito que a ultima vez em que fui a um show de música por amor, foi nos anos 90. Estive em outros, mas não pelos motivos certos. Agora, sim.

Música.

- Posted using BlogPress from my iPad

...

E minha vida mudou tanto, são tantas coisas (e nada) acontecendo, que fica difícil entender e acompanhar.
Ou seria processar? Anyway, pretendo escrever, escrever, a toa, com propósito, não sei. Sinto que dessa forma vou fazer o que é necessário, de uma forma ou outra.




- Posted using BlogPress from my iPad

Practice

Ano passado, durante a FLIP, tive oportunidade de ouvir muitos autores.
Mais de um disse que, para escrever, é preciso... Escrever. A pratica é muito importante para o ofício do escritor.

Aparentemente, é preciso escrever muito, sempre, para chegar a escrever direito.

Um ano depois, finalmente resolvi tentar essa dica. Tão simples e tão repetida.




- Posted using BlogPress from my iPad

15 abril, 2011

Então

Cá estou.

Novo blog, nova fase da vida. Apagando o passando?
Não, na verdade, voltando a ser quem eu era (hence, o nome do blog...)
Recentemente cheguei a conclusão que há MUITOS anos não sou eu mesma. Tenho um longo caminho a percorrer para voltar a ser, e esse blog é parte desse caminho.

Olá!