19 dezembro, 2012

Teses

Vou propor algumas teses de mestrado que acredito necessárias, e que poderiam ser feitas em conjunto com diversas áreas do conhecimento, como por exemplo:


  1. O fascínio do pastel de feira no cotidiano do brasileiro. Com a participação de nutricionistas, sociólogos, psicólogos, endocrinologistas e chefs. Deve ter algo além do pastel em si, afinal, levante a mão quem nunca comeu um pastel na feira e achou que era um manjar dos deuses? Aliás, que manjar seria esse que os deuses comem? (mas isso já seria outro tópico)
  2. A influência do ambiente de um estádio de futebol no vocabulário masculino. Nesse poderiam participar pedagogos, linguistas, cientistas sociais e também psicólogos, claro. Porque ao ultrapassar aqueles portões, um homem, por mais educado e polido que seja no dia a dia, passa a falar 9 palavrões em uma frase com 10 palavras? Isso, quando consegue construir uma frase. E porque o juiz é sempre o mais atingido (ou seria a mãe dele?) quais os motivos dessa síndrome da falta de vocabulário repentina, passageira e restrita ao estádio?
  3. O significado da frase "eu te ligo" ao final de um encontro envolveríamos linguistas, psicólogos, talvez alguns investigadores e outros campos de conhecimento também nesse estudo. sugiro ainda incluir a mãe de alguns homens, para lembrá-los que é feio mentir. O principal processo a ser explicado é o significado da frase quando nem mesmo o telefone da outra pessoa é de posse do indivíduo que disse isso...


Outros:
- As origens culturais e semânticas da inacreditável frase: "o problema não é você, sou eu"; ou da variação piorada "você é boa demais para mim, é isso que me impede de ficar"
- .... sugestões?